Páginas

sábado, 6 de novembro de 2010

MEU CORPO PEDE






















MEU CORPO PEDE



Nua
Na luz de uma lua
Que está só
Como eu
Estremeço
Meu corpo pede
Implora
Sem pudor
Por um macho
Que me cubra
Me resolva
Com seu corpo
Sacie meu desejo
Gemo
Lamento
Espero
Quero esse macho
Num encaixo
Perfeito
Que não demore
Que me satisfaça
E eu alcance
O meu orgasmo
Ansiado
Num gozo prolongado
De cio atrasado...






M.C.


*

4 comentários:

  1. explicito, abstrato,,, e mais uma vez as palavras com o recheio de poder, mastiguar o que se lê, digerir o que se entende e depois de tudo poder beber uma dose sem gelo de sua imaginação... parabéns Lila :)

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Tiago! Grande desejo de todas as mulheres... satisfação plena!
    Beijão, querida!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Hola mi buena amiga, pasé por aquí para saludarte y también agradecerte tus bonitos comentarios que me dejaste en mi blog. Bonita poesía llena de pasión y ternura que llega al corazón de aquellas personas que creen en el amor pasional, sensacional tú poema que me ha encantado mucho.
    Te deseo un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas.
    Un beso desde la distancia de tú amigo.

    ResponderExcluir