Páginas

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

PUDICOS




Pudicos deste mundo virtual revelem-se.

Assim encontrarão descanso...

nas vossas falsas almas.

Falsas... no sentir e nas emoções...

pois nem os dedos sabem para o que servem...

Força!

Revelem-se!

Saiam da sombra de que tanto gostais.

O sol do sentir não vos está vedado...

por muito que vos tenham dito que sim.

Essa sombra desprezível

torna-vos seres abstractos.

Seres... sem cor...sem olhos...

sem pele e infrutuosamente...

sem poros.

Como podem sentir?

Por isso lêem... vêem e...

ficam assustados.

Sentem… mas não sabem o quê…

Nunca vos ensinaram o que é o sentir...

pobres de vós.

Vinde!

Leiam...vejam e deixem-se levar por

estas sensações que estranham.

Vêem…

Afinal o sol é bom... e a sombra fria!

3 comentários:

  1. wowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww
    wowwwwwwwwww

    ResponderExcluir
  2. Belíssima poesia, forte e reflexiva.
    Serei um seguidor.
    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir